Surto de Covid-19 já fez 7 mortes no lar da Santa Casa da Misericórdia de Cuba

Escrito por no 22/01/2021

O surto de covid-19 no Lar da Santa Casa da Misericórdia de Cuba, já fez sete vitimas mortais, num total de 96 pessoas infetadas, revelou o provedor da instituição à Lusa.

Segundo revelou Francisco Orelha, à agência Lusa, seis dos 62 utentes atualmente infetados encontram-se internados no Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja.

Quanto aos 27 colaboradores que tiveram resultados positivos nos testes de rastreio ao novo coronavírus SARS-CoV-2, permanecem em quarentena nas suas habitações, acrescentou.

A este surto na instituição “escaparam”, até ao momento, apenas 16 funcionários e quatro utentes, mas um deles teve o último teste com resultado inconclusivo.

Neste momento, os cuidados aos utentes são assegurados por “cerca de três dezenas” de funcionários, entre elementos da própria instituição, das brigadas de intervenção rápida da Cruz Vermelha Portuguesa e alguns colaboradores contratados a empresas externas.

O surto no lar da Santa Casa da Misericórdia de Cuba, é uma das principais razões, por o concelho de Cuba ser, neste momento, aquele que apresenta a maior taxa de infeções por 100 mil habitantes em todo o país, segundo explicou à Rádio Vidigueira, o presidente da Câmara Municipal de Cuba, João Português.

O autarca afirma que, ainda assim o número de casos começou a descer, mas deixa o apelo aos munícipes, para que “tenham consciência e sigam as instruções dadas” pelas demais instituições de saúde e segurança.

Lusa/Rádio Vidigueira


Leitor opiniões

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *



Faixa actual

Título

Artista

Background