Bloco de Esquerda questiona Governo sobre destruição de charcos temporários em Odemira

Written by on 08/06/2021

O grupo parlamentar do Bloco de Esquerda questionou o Governo sobre  cinco charcos temporários mediterrânicos destruídos pela instalação de estufas, em Odemira.

De acordo com o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda, no dia 31 de janeiro, a Liga para a Proteção da Natureza (LPN) enviou uma denúncia à Comissão Europeia a dar conta da destruição de cinco charcos temporários mediterrânicos no lugar de Vale da Figueira, concelho de Odemira, em pleno Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina e Zona Especial de Conservação (ZEC) da Costa Sudoeste, devido à instalação de estufas para a agricultura intensiva.

O Bloco de Esquerda quer saber se o Governo tem conhecimento da destruição de cinco charcos temporários no Vale da Figueira, concelho de Odemira e como explica o Governo que depois de todo o conhecimento adquirido através do Projeto LIFE sobre os charcos temporários mediterrânicos e o dinheiro público investido na preservação destes redutos de biodiversidade, mais cinco charcos tenham sido terraplenados e completamente destruídos pela instalação de estufas.

Os bloquistas questionam ainda se  o Governo vai tomar medidas para conter o avanço destruidor da agricultura intensiva no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina e na ZEC da Costa Sudoeste, e dos 133 charcos temporários mediterrânicos identificados pelo projeto LIFE na ZEC da Costa Sudoeste, quantos ainda persistem e se vai o Governo tomar medidas para recuperar os charcos temporários mediterrânicos da ZEC da Costa Sudoeste? O grupo parlamentar do Bloco de Esquerda questiona ainda se o Governo vai apoiar os agricultores que querem preservar os charcos temporários, não contabilizando, nas candidaturas a apoios ou para pagamentos da água de rega, a área ocupada por estes habitats e se considera o que a agricultura intensiva e a instalação de estufas se coadunam com a necessária preservação do património natural do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina e na ZEC da Costa Sudoeste.


As opiniões dos nossos leitores

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *



Current track

Title

Artist

Background