Câmara de Cuba criou um programa de apoio à economia local

Escrito por no 26/02/2021

“Abraçar a Economia Local” é o nome da medida destinada a empresas e empresários em nome individual, com sede e atividade desenvolvida em Cuba, que “demonstrem perdas de faturação iguais ou superiores a 25% no período compreendido entre janeiro e dezembro de 2020”, revelou a Câmara de Cuba em comunicado.

A autarquia revela que “ tem vindo, desde o início do passado ano, a adotar várias medidas que têm por objetivo atenuar os efeitos negativos causados pelo surto pandémico, especialmente junto das empresas cuja atividade tem sido mais afetada”.

O programa entrará em vigor no próximo dia 01 de março, e “institui apoio a estabelecimentos de restauração e bebidas, vestuário e calçado, alojamento e decoração, atividades artísticas e culturais e outras especificadas em regulamento próprio”.

Com uma dotação orçamental de 75.000 euros, o programa destina-se a empresas e empresários que tenham evidenciado no final do ano 2019 um volume de negócios até 200 000,00 (duzentos mil euros) e que demonstrem perdas homólogas de faturação iguais ou superiores a 25% no período compreendido entre janeiro e dezembro de 2020.

Segundo a Câmara de Cuba este programa “consubstancia-se num apoio financeiro não reembolsável, a ser pago em 4 prestações, variando de acordo com a dimensão da empresa e a perda de faturação”.

Segundo a Câmara de Cuba, o apoio será atribuído, 750 euros para empresas com um volume de negócios até 50 000,00 euros (cinquenta mil euros) no ano de 2019; 1 000 euros para empresas com um volume de negócios entre os 50.000,01 euros (cinquenta mil euros e um cêntimo) e os 100.000,00 euros (cem mil euros) no ano de 2019; 1 250 euros empresas com um volume de negócios entre os 100.000,01 euros (cem mil euros e um cêntimo) e os 150.000,00 euros (cento e cinquenta mil euros) no ano de 2019; 1 500 euros empresas com um volume de negócios entre os 150.000,01 euros (cento e cinquenta mil euros e um cêntimo) e os 200.000,00 euros (duzentos mil euros) no ano de 2019.

“Um sinal para que a economia local avance”, segundo explicou João Português, presidente da Câmara Municipal de Cuba, que afirma que os programas de apoio do Governo estão a demorar muito a chegar às empresas.

João Português

Segundo a Câmara de Cuba, “o apoio deverá ser requerido pelo candidato mediante submissão de candidatura eletrónica no sítio de internet do Município de Cuba, ou através do preenchimento de formulário e entrega da documentação no GADE (Gabinete de Apoio ao Desenvolvimento Económico da Câmara Municipal de Cuba)”.


Leitor opiniões

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *



Rádio Vidigueira

Rádio Vidigueira

Faixa actual

Título

Artista

Background